Página Inicial Youtube Twitter Facebook

04/10/2017: Nossa aldeia

* Amadeu Roberto Garrido de Paula

 

O tempo dos deuses se foi

não há mais como invocá-los;

de nossas naus em crise

o mundo não tem surpresas

não tem as saídas de Virgílio.

Por isso nossas epopeias são ilusórias

curtas ainda que definitivas e irreversíveis.

Como seria o divino a nos afagar

se pudéssemos não aguardar eleições

processos, denúncias e Parlamentos;

simplesmente nos reunir em torno

de uma fogueira armada na praça principal

de onde se veria o mar e as mulheres,

as crianças, os homens e os guerreiros,

que num átimo recomporiam

nossa sociedade cortada ao meio,

nossas riquezas dissipadas e nossas esperanças

impregnadas de um lodo melífluo

que um dia respiram, outro morrem.

Em nosso grande e pequeno país

Faltam deuses e Virgílio

e sobra em nossas almas cansadas

um buraco imenso e diamantes ao fundo.

 

* Amadeu Roberto Garrido de Paula é advogado, sócio do Escritório Garrido de Paula Advogados.