Página Inicial Youtube Twitter Facebook

INOVAÇÃO É A PALAVRA DE ORDEM DOS TEMPOS MODERNOS

* Dra. Maria Isabel Montañes

Perfil da articulista

 

Não é nenhuma novidade afirmar que o caminho para o sucesso empresarial é a inovação. A inovação é um dos poucos diferenciais a que um gestor de negócios pode recorrer para sobreviver em um mercado tão competitivo.

Mas, o que é inovação? O conceito de inovação é bastante variado, entretanto, de uma forma geral, significa explorar, com sucesso, novas ideias. São inúmeras as possibilidades de inovar, seja com processos internos, produtos, novos métodos organizacionais, acompanhamento de tendências. É importante lembrar que nem sempre a inovação é o resultado da criação ou o desenvolvimento de algo totalmente novo. Com muita frequência, ela é o resultado da combinação de algo já existente. Um exemplo disso são as sandálias Havaianas, um dos cases de sucesso mais conhecido do Brasil: a marca antes era voltada para pessoas mais simples, inclusive, o conhecido “chinelo” era um dos itens da cesta básica em alguns Estados do Nordeste. Só havia um tipo de Havaianas e o seu uso se dava pelo baixo preço e durabilidade. Hoje, houve a renovação do produto e da imagem da marca com mais de 100 modelos diferentes, a Havaianas conta com uma gama de produtos, que vai muitos além das sandálias, como bolsas, toalhas, chaveiros e calçados fechados. Hoje, quem pensa em ter uma “Havaianas”, quer conforto e status. Sua qualidade, agregada a campanha publicitária baseada em depoimentos de artistas famosos calçando e aprovando Havaianas, trouxeram outra realidade para a sandália, que se tornou objeto de desejo de todas as pessoas, independentemente de classe social.

Ao analisarmos esse exemplo, podemos concluir que só com a inovação uma empresa é capaz de gerar vantagens competitivas a médio e a longo prazo. Ao inovar ou se reinventar, a empresa tem acesso a novos mercados, aumenta suas receitas e o valor de suas marcas, realiza novas parcerias e ainda tem a possibilidade de adquirir conhecimentos. Contudo, muita gente quer inovar, mas não sabe nem por onde começar. Primeiramente, é importante saber que a propriedade intelectual é um dos principais instrumentos para promover a inovação. Podemos afirmar, inclusive, que ela é a estratégia brasileira para as empresas ganharem espaço no mercado global. Porém, hoje, no Brasil, o tema “propriedade intelectual” é muito pouco difundido. O mesmo está ocorrendo com mais marcas, como as Lojas Marisa, Lojas Renner e outras.

É importante explicar a definição de propriedade intelectual: uma excelente forma de descrever esse conceito está disponível no site do Museu Paraense Emílio Goeldi, vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia do Brasil, que diz: “propriedade intelectual é uma expressão genérica que pretende garantir a inventores ou responsáveis por qualquer produção do intelecto (seja nos domínios industrial, científico, literário ou artístico) o direito de receber, por determinado tempo, recompensa pela própria criação e o devido reconhecimento”. Entre essas ‘criações’, destaque para os softwares, invenções tecnológicas, livros, entre outros.

É a propriedade intelectual que faz valer o direito dos autores, criadores, artistas e inventores em um dado território. Cada País possui legislação própria para regular a propriedade intelectual. No Brasil, as leis que versam sobre o tema são: a 9.279/1996, a Lei da Propriedade Industrial; a 9.609/1998, também conhecida como a Lei de Software; e a Lei nº 9.610/1998, de Direitos Autorais.

Resumindo, a propriedade intelectual é um instrumento que faz valer os direitos dos autores, inventores e criadores em um dado território. Por meio da propriedade intelectual, empresários podem prospectar oportunidades, identificar novos investimentos e mercados, bem como monitorar a concorrência. Não restam dúvidas que a inovação é a peça-chave para a economia do País se tornar mais próspera e sustentável. As empresas são responsáveis pela inovação, afinal são elas que promovem no mercado as tecnologias, modas, invenções, produtos e novas ideias. Inovar é vital para a qualidade das empresas e do futuro do País.

 

* Maria Isabel Montañes é advogada da Cone Sul Assessoria Empresarial.

Para mais informações sobre o tema ou caso queira entrevistar a diretora da Cone Sul, Maria Isabel Montañes, entre em contato com a De León Comunicações pelo email danielle@deleon.com.br ou pelos telefones (11) 5017-4090 / (11)5017-7604.